Ecos do silêncio

Na escuridão, no silêncio…
Minha alma repousa, adormecida com ódio e rancor,
Minhas lágrimas ecoam por um vale sombrio…
Meu silêncio ecoa pelo vale da morte…

Morte…
Por que me abandonas nesta solidão?
Por que renuncias a minha eterna gratidão?

Em meu silêncio lhe aguardo
Sozinho, esperando nossa última canção…

2 pensamentos sobre “Ecos do silêncio

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s